Pavilhão brasileiro na Expo 2022 oferece refresco ao calor de Dubai

Governo publica regras para retorno ao trabalho presencial de servidor
Interior de São Paulo, uma viagem entre serras

Pavilhão brasileiro na Expo 2022 oferece refresco ao calor de Dubai

Foto: Marcelo Camargo

Composto por um imenso espelho d’água sob uma estrutura de aço e lona branca, com música e sons da natureza, o Pavilhão do Brasil na Expo 2020 ofereceu refresco para quem buscava refúgio ao calor impiedoso de Dubai.

Centenas de pessoas tiraram seus calçados e entraram no imenso lago, com profundidade suficiente apenas para molhar a parte baixa da canela.

Alguns arregaçaram as bainhas de suas calças e vestidos. Outros, nem isso: encararam a água e saíram, satisfeitas, com as roupas molhadas.
Como um Piscinão de Ramos no meio da aridez da Expo 2020, o lago brasileiro em Dubai é democrático. Aceita de crianças – que pulam, correm e até mergulham – a adultos com as sisudas vestimentas árabes.

“Achei o pavilhão muito animado. E, nesse calor, colocar o pé na água é muito refrescante”, contou a brasileira Marlene Delaquis, que viajou com o marido suíço para Dubai especialmente para o evento.

Segundo o diretor do pavilhão do Brasil, Raphael Nascimento, o espaço foi pensado para ser um local de reflexão, tranquilidade e brincadeira.

“Espero que as crianças, principalmente, entrem no espelho d’água e se divirtam curtindo os sons do Brasil. À noite, o pavilhão se converte numa enorme tela de projeção. Cento e vinte e cinco projetores de alta definição vão converter o pavilhão em uma viagem pelo Brasil. Vamos convidar os visitantes para percorrerem nossos patrimônios históricos, nossas indústrias, nosso agro e tudo que o Brasil tem a oferecer pro mundo”.

Fonte: Agência Brasil. O repórter e o fotógrafo Marcelo Camargo viajaram a convite da Apex-Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *