Recife recebe peça teatral gratuita para bebês e crianças

Sanções apenas pioram a economia mundial, diz porta-voz da chancelaria chinesa
Bilheteria da China ganha impulso no feriado

Recife recebe peça teatral gratuita para bebês e crianças

Foto: Porto Cênico

Quem disse que lugar de bebê ainda não é no teatro? Para o Grupo Porto Cênico, as crianças de meses de vida até três anos de idade são o público perfeito para acompanhar o espetáculo “Casa”.  O movimento, as sonoridades, a relação com objetos e a presença das atrizes constroem uma narrativa que dialoga criativamente e artisticamente com o universo dos bebês. E o encontro poético fará uma turnê por Recife com todas as atividades relacionadas da agenda acessíveis às pessoas surdas, com tradução simultânea em Libras. O espetáculo, que será apresentado gratuitamente entre 12 e 15 de maio, com sessões no Teatro Marco Camarotti –  Sesc Santo Amaro, é voltado para a primeiríssima infância e tem uma linguagem ainda pouco explorada no Brasil.

 

Espetáculo “Casa”, do Grupo Porto Cênico, foi criado para este universo infantil e agrada aos pequenos e adultos

 

A pesquisa começou em 2015 e envolveu estudos teóricos para esta faixa etária, residência artística, oficinas de teatro de objetos e para bebês, ministradas por profissionais internacionais, além de pesquisa em centros de educação infantil e também a realização da 1ª Mostra de Teatro para Bebês de Itajaí (SC), em 2015. Agora, essa apresentação, contemplada pelo edital Petrobras Cultural Para Crianças – Artes Cênicas, da Petrobras, circula por três cidades com entrada gratuita. Além do Recife (PE), também será realizada em Itajaí (SC), nos dias 1º e 2 de junho, e passou por Canelinha (SC) em abril. Ao todo são oito sessões em cada município e uma ação de mediação sobre teatro para bebês.

Casa”, do Grupo Porto Cênico, fala sobre a saudade, tanto aquela que sentimos da nossa própria infância quanto aquela dos nossos filhos. A obra foi construída a partir de memórias das atrizes Aline Barth e Valéria de Oliveira, e apresenta ao público a história de duas mulheres, ora mães, ora filhas. “Muita gente pensa que 40 ou 50 bebês juntos choram, mas eles não choram. Eles contemplam, assistem, percebem e sentem. E se eles são capazes disso tudo, são capazes também de usufruir de uma peça de teatro”, revela a diretora do espetáculo Sandra Vargas, Grupo Sobrevento (SP). “O Porto Cênico, ao levar para os palcos o teatro para crianças de zero a três anos, contribui muito para o panorama teatral do país, pois são poucos os artistas que se dedicam a esta linguagem”, enfatiza.

Foto: Porto Cênico

“Esta proposta teatral irá propiciar um encontro poético entre os bebês e suas famílias. Oportunizará um novo tipo de encontro. Além do mero entretenimento, propomos criar um novo espaço social: o teatro”, completa a veterana atriz, Valéria de Oliveira.

Histórico de respeito

Porto Cênico é um grupo de teatro coordenado pela atriz Valéria de Oliveira e pela produtora Karoline Gonçalves e, além da pesquisa da linguagem teatral, da produção de espetáculos, do registro com sua revista, da pedagogia do teatro por meio de seus cursos e oficinas, também realiza projetos que articulam o campo teatral numa discussão contemporânea. Nascido em 2004, em Itajaí (SC), tem em seu histórico diferentes espetáculos, contações de histórias, leituras dramáticas, intervenções e diversas baterias de oficinas de teatro, atingindo diferentes faixas etárias.

A dinâmica grupal se dá por meio da própria metáfora que o grupo carrega em seu nome Porto: um lugar de chegadas e partidas. Desta forma, há uma organização em todos os projetos e espetáculos com diferentes artistas, pesquisadores, educadores, educandos que compõem as diversificadas atividades do grupo. Assim, se formula uma composição grupal bastante eclética, transitória, transversal e dinâmica.

 

Ficha técnica do espetáculo “Casa”:

Realização: Porto Cênico

Coordenação: Karoline Gonçalves

Atriz/criadora, figurino e objetos: Valéria de Oliveira

Atriz/criadora, sonoridades e objetos: Aline Barth

Produção Executiva: Ana Clara Marques

Assistente de Produção: Ianca Reinert

Produção local em Canelinha: Jô Fornari

Produção local em Recife: Tadeu Gondim

Iluminação: Rafael Bessa Motta

Materiais Gráficos: Leandro Maman

Serviço

O quê: Espetáculo “Casa

Público: Para crianças de zero a três anos de idade

Entrada: Gratuita

Quando: de 12 a 15 de maio

Observação importante: todas as atividades relacionadas ao espetáculo durante esta turnê serão acessíveis às pessoas surdas, com tradução simultânea em Libras.

Agenda Recife

12 de maio – Ação de Mediação Teatral

Horário: 18h

LocalTeatro Marco Camarotti – Sesc Santo Amaro. Rua Treze de Maio, 455, Santo Amaro – Recife.

Inscrições: através do Instagram @espetaculocasa

Entrada: Gratuita (ingressos liberados na Coordenação de Cultura do Sesc)

Vagas limitadas

 13 de maio – Apresentação Espetáculo “Casa”

Horários: 14h e 17h

LocalTeatro Marco Camarotti – Sesc Santo Amaro. Rua Treze de Maio, 455, Santo Amaro – Recife.

Entrada: Gratuita (ingressos liberados na Coordenação de Cultura do Sesc)

14 de maio – Apresentação Espetáculo “Casa”

Horários: 11h, 14h e 17h

LocalTeatro Marco Camarotti – Sesc Santo Amaro. Rua Treze de Maio, 455, Santo Amaro – Recife.

Entrada: Gratuita (ingressos liberados na Coordenação de Cultura do Sesc)

15 de maio  Apresentação Espetáculo “Casa”

Horários: 11h, 14h e 17h

LocalTeatro Marco Camarotti – Sesc Santo Amaro. Rua Treze de Maio, 455, Santo Amaro – Recife.

Entrada: Gratuita (ingressos liberados na Coordenação de Cultura do Sesc)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *