Câmara aprova MP que suspende cumprimento mínimo de dias letivos
Praia de Monsaraz abriu com areia fina e aponta ao melhor de verão de sempre

Uma Ilha abençoada pelo Atlântico

Foto: Prefeitura da Ilha de Itamaracá

Banhada pelo mar do atlântico, a Ilha de Itamaracá é marcada pela beleza natural e rico patrimônio histórico-cultural. Ao norte da capital de Pernambuco (Recife), foi lá onde se instalou o administrador colonial Pero Capico, o primeiro “Governador das Partes do Brasil”, que em 1516 construiu o primeiro engenho de açúcar de que se tem notícia na América portuguesa. É considerado o mais antigo local continuadamente habitado do Brasil.

Foto: Prefeitura da Ilha de Itamaracá

Além da presença portuguesa, com igrejas e casarios, é o Forte de Santa Cruz de Itamaracá, mais conhecido como Forte Orange que atrai a curiosidade dos turistas, por ser a maior fortaleza em pedra do Nordeste do Brasil. Iniciada, a partir de 1631, como uma fortificação de campanha, por forças neerlandesas, que ocuparam o nordeste brasileiro, recebeu a denominação de Forte Orange, em homenagem à Casa de Orange-Nassau, que então governava os Países Baixos.

Com uma extensão litorânea de 16 km, rodeada pelo mar, Itamaracá possui onze praias, de puro encanto, são águas calmas e mornas com uma rica fauna marinha, com golfinhos, peixes-boi e tartarugas. Sendo reservado espaço para o turismo náutico que vem ganhando cada vez mais espaço.

Aos amantes do ecoturismo, a gestão municipal vem fomentando a sustentabilidade, unindo o patrimônio natural e cultural, incentivando sua conservação e buscando a formação de um turismo consciente com a preservação, principalmente do ambiente marinho e da mata atlântica.

Natureza, história, sombra e água de coco fresca, esta é a Ilha de Itamaracá. A capital turística do litoral norte pernambucano, um lugar especial que você precisa conhecer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *