Desfile de massa saúda a reforma e abertura da China

Mais de 100 mil participantes se reúnem em Beijing para a parada e desfile do Dia Nacional
África terá maioria dos falantes do português até o fim do século

Desfile de massa saúda a reforma e abertura da China

Xinhua

A segunda parte do desfile de massa em celebração ao 70º aniversário da fundação da República Popular da China demonstrou o processo de reforma e abertura do país com nove formações que desfilaram pela Praça Tian’anmen nesta terça-feira.

A primeira formação apresentou um enorme retrato de Deng Xiaoping, o arquiteto-chefe da reforma e abertura introduzida em 1978.

Os comunistas chineses, com o camarada Deng Xiaoping como seu representante-chefe, estabeleceram a Teoria de Deng Xiaoping e tomaram a histórica decisão de implementar a reforma e abertura, inaugurando o socialismo com características chinesas, disse o narrador oficial do desfile.

As duas formações seguintes marcaram o início da reforma da China nas áreas rurais e as façanhas inovadoras nas zonas econômicas especiais.

Uma formação em torno de um enorme retrato de Jiang Zemin também desfilou pela Praça Tian’anmen.

Os comunistas chineses, com o camarada Jiang Zemin como seu representante-chefe, formaram o pensamento da Representatividade Tríplice e avançaram com sucesso o socialismo com características chinesas no século XXI, disse o narrador.

Seguiu-se uma formação chamada “um país, dois sistemas”, com os compatriotas de Hong Kong, Macau e Taiwan e pessoas de todos os setores sociais agitando suas bandeiras e aplaudindo para desejar a pátria um “feliz aniversário”.

Também teve uma formação em homenagem à chegada do século XXI, seguida por uma que trazia um enorme retrato de Hu Jintao.

Os comunistas chineses, com o camarada Hu Jintao como seu representante-chefe, formaram o Conceito Científico de Desenvolvimento, mantiveram e desenvolveram o socialismo com características chinesas em um novo ponto de partida histórico, contou o narrador.

As duas formações seguintes prestaram homenagem à solidariedade do povo chinês ante os grandes desastres naturais e destacaram as Olimpíadas de Beijing em 2008.

Uma formação que destaca as Olimpíadas de Beijing em 2008 participa em um desfile de massa durante as celebrações que marcam o 70º aniversário de fundação da República Popular da China (RPC) em Beijing, capital da China em 1º de outubro de 2019. (Xinhua)

Yang Yong, que participou do desfile na ala temática das Olimpíadas, disse que a parada militar e o desfile de massa do Dia Nacional demonstraram a superioridade do sistema socialista.

“Nosso país está se tornando mais forte e nossa vida está cada vez melhor”, disse Yang.

Yan Rui, que também estava na formação das Olimpíadas, disse que cada formação deste desfile representa um capítulo do rejuvenescimento nacional da China.

“Desde a reforma e abertura, a China está ganhando mais notoriedade e se tornando cada vez mais estreitamente conectada a outros países e regiões do mundo”, disse Yan.

Outro participante do desfile, Meng Qingchao, disse que nas últimas sete décadas ocorreram na China grandes mudanças e que a vida da população melhorou significativamente desde a implementação da reforma e abertura do país.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *