China está disposta a intensificar cooperação com Suriname, diz chanceler chinês

China lança novos satélites de sensoriamento remoto
China e Sudão prometem proteção conjunta dos direitos legítimos dos países em desenvolvimento

China está disposta a intensificar cooperação com Suriname, diz chanceler chinês

Um funcionário (3º à direita) apresenta o Suriname aos visitantes na 1ª Exposição Internacional de Importação da China (CIIE) em Shanghai, leste da China, em 6 de novembro de 2018. (Xinhua/Liu Dawei)

Beijing, 10 mai (China) — Em um novo ponto de partida histórico, a China está disposta a trabalhar com o Suriname para levar adiante a amizade tradicional, melhorar o alinhamento político e a confiança política mútua, disse o conselheiro de Estado e ministro das Relações Exteriores da China, Wang Yi, no sábado.

Em uma conversa por telefone com seu homólogo do Suriname, Albert Ramdin, Wang observou que o Suriname foi um dos primeiros países caribenhos a estabelecer laços diplomáticos com a República Popular da China e que o próximo dia 28 de maio marcará o 45º aniversário do estabelecimento dos laços diplomáticos China-Suriname.

Nos últimos 45 anos, os dois países sempre se entenderam e apoiaram, dando um exemplo de tratamento igual e relações amigáveis entre países grandes e pequenos, disse Wang.

A China aprecia o Suriname por seguir o princípio de Uma Só China e sempre se posiciona firmemente do lado chinês nos assuntos relativos aos interesses e preocupações essenciais da China, disse Wang.

Observando que o presidente Xi Jinping e o presidente Chandrikapersad Santokhi trocaram cartas e mensagens, Wang assinalou que a China está pronta para manter intercâmbios com o Suriname em todos os níveis e lançar consultas interministeriais em breve.

Os dois países assinaram um memorando de entendimento e um plano de cooperação para a construção conjunta do Cinturão e Rota, disse Wang, acrescentando que os dois países devem aprofundar a cooperação em construção de infraestrutura, comunicações e outras áreas, e explorar ativamente o desenvolvimento de energia, a fim de ajudar a promover a recuperação e a transformação econômica do Suriname.

A China está disposta a fortalecer a cooperação com o Suriname para combater a pandemia da COVID-19, disse Wang, acrescentando que os dois países devem fortalecer a unidade e a cooperação em assuntos internacionais e regionais e salvaguardar o multilateralismo e os interesses comuns dos países em desenvolvimento.

Wang também expressou a esperança de que o lado surinamês faça bom uso do Mecanismo Consultivo entre o Ministério das Relações Exteriores da China e os Ministérios das Relações Exteriores dos Países do Caribe que Mantêm Relações Diplomáticas com a China, o Fórum de Cooperação Econômica e Comercial China-Caribe e outros mecanismos, a fim de promover a cooperação global entre a China e os países do Caribe.

De sua parte, Ramdin expressou calorosas felicitações pelas conquistas da China em termos de desenvolvimento econômico e social e ressaltou que o princípio de Uma Só China nunca será abalado como a pedra angular das relações Suriname-China.

Ramdin também agradeceu o lado chinês por sua sincera ajuda na luta contra a COVID-19, expressando a esperança de aproveitar o 45º aniversário do estabelecimento das relações diplomáticas como uma oportunidade para promover novos avanços nas relações bilaterais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *