Chanceler chinês conversa com homólogos tadjique, uzbeque e quirguiz

Primeiro-ministro chinês pede atmosfera social que estimule inovação e criatividade
Vice-primeiro-ministro chinês pede cooperação estratégica mais profunda com Turcomenistão

Chanceler chinês conversa com homólogos tadjique, uzbeque e quirguiz

(Xinhua/Wei Xiang)

Xi’an, 12 mai (China) — O conselheiro de Estado e o ministro das Relações Exteriores da China, Wang Yi, conversou nesta terça-feira com seus homólogos tadjique, uzbeque e quirguiz, respectivamente, em Xi’an, capital da Província de Shaanxi, noroeste da China.

Os ministros das Relações Exteriores do Tadjiquistão, Sirojiddin Muhriddin, do Uzbequistão, Abdulaziz Kamilov, e do Quirguistão, Ruslan Kazakbaev, estão na China para a segunda reunião dos ministros das Relações Exteriores da China mais a Ásia Central (C+C5).

No encontro com Sirojiddin Muhriddin, Wang disse que, como irmãos, bons vizinhos e “amigos de ferro”, a China e o Tadjiquistão devem implementar seriamente o consenso alcançado pelos chefes de Estado dos dois países. Os dois lados devem continuar a aumentar o “conteúdo ouro” das relações bilaterais, consolidar as bases da confiança mútua política, melhorar a escala e a qualidade da cooperação e impulsionar as relações China-Tajiquistão para um novo estágio de desenvolvimento.

Ecoando as observações de Wang, Sirojiddin Muhriddin afirmou que o Tajiquistão considera a China como seu parceiro estratégico mais confiável. O Tajiquistão está disposto a expandir a cooperação com a China em relação ao Cinturão e Rota e continuará a apoiar o princípio de Uma Só China.

Durante suas conversas com Abdulaziz Kamilov, Wang assinalou que as relações China-Uzbequistão mantêm uma dinâmica de desenvolvimento sólida e estável, que traz benefícios para os povos dos dois países.

Ele disse que, como o telefonema entre os chefes de Estado apontou a direção para as relações entre os dois países no período pós-epidemia, a China está disposta a compartilhar oportunidades de desenvolvimento com o Uzbequistão e expandir a cooperação geral.

Abdulaziz Kamilov assinalou que o Uzbequistão dá grande importância às relações com a China e apoia totalmente a China na proteção da soberania nacional e integridade territorial.

O Uzbequistão espera que ambos fortaleçam a cooperação na redução da pobreza, interconexão, combate às “três forças do mal” e promovam conjuntamente a construção do Cinturão e Rota.

Na reunião com Ruslan Kazakbaev, Wang disse que a amizade entre a China e o Quirguistão de geração a geração é a tendência geral e a vontade do povo.

Ele mostrou que a China está disposta a fazer tudo para fornecer apoio e assistência para que o Quirguistão realize estabilidade e desenvolvimento. A China também está disposta a expandir a cooperação no Cinturão e Rota, promover as estratégias de desenvolvimento dos dois países e expandir novas áreas e abrir novas perspectivas para a cooperação bilateral.

Ruslan Kazakbaev disse que, como bom vizinho, irmão e parceiro da China, o Quirguistão apoia firmemente o país nos assuntos de Xinjiang, Hong Kong e Taiwan, que envolvem os interesses essenciais da China.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *